Natação: Esporte individual ou Coletivo?

O Esporte individual é aquele que é disputado por um único atleta, não tendo necessidade de ter outros atletas. No entanto, acredito que a Natação é sim um esporte coletivo. É extremamente importante ter uma equipe forte para que o trabalho individual ocorra de forma prazerosa, satisfatória e com maiores resultados.

            Dividir raia, ter mais atletas no treino, fazer as séries com mais gente, ter referências dentro da equipe, possuir equipes de todas as categorias, são pontos que contribuem muito para o sucesso da Equipe.

A cultura do time

            O sucesso de um é o sucesso de todos! Se um ganha, todos ganham! Uma medalha individual é sempre uma medalha do time! E não podemos estar juntos somente na vitória. Se um fracassa, todos fracassam! Se um perde, todos perdem!

            No começo, pode gerar uma certa dificuldade, pois o atleta mais velho pode querer ser o centro das atenções, o atleta mais vitorioso pode almejar ser a estrela do time, um atleta pode querer vencer seu companheiro de time a “qualquer custo” e isso pode gerar atritos de comportamento, brigas internas e várias outras situações. Um atleta pode chegar a até parar de nadar por estes pontos.

            No entanto, trabalhamos hábitos, atitudes, crenças, conhecimentos, comportamentos, tradições, e isto vai consolidando a cultura de Time. E formamos assim a cultura do TIME CBP.

            Temos vários exemplos ocorridos que mostram a cultura criada pelo TIME CBP:

– Atletas que pediram para sair do revezamento pois seu companheiro estava nadando mais rápido;

– Atletas que não conquistaram índice de Brasileiro e pararam tudo para assistir a companheira nadar a final da competição;

– Atletas pediram para parar o treino momentaneamente porque precisavam passar energias positivas assistindo o companheiro de equipe nadar o Parapan-americanos de Lima;

– Atletas que ficaram mais felizes com a medalha do seu companheiro do que a sua medalha;

– Conversas entre atletas buscando agregar algo para que ele nade mais rápido.

            E isso também ocorre na comissão técnica. A filosofia é a mesma – trabalhamos todos juntos. Não existem grupos de trabalhos e equipes de determinadas categorias. Existe o Time CBP.

            CLARO, que todos os atletas buscam ser o melhor, fazer as séries mais fortes do que seus companheiros de equipe, quebrar recordes, conquistar índices, ganhar medalhas, nadar sempre mais rápido que todos, até que seus companheiros de TIME. E mesmo assim, o trabalho do time ocorre.

            Nesse período de quarentena, estamos mantendo a proximidade entre todos os integrantes da Equipe. Já fizemos lives informativas, treinos, grupos de estudos e reuniões, tudo visando fortalecer ainda mais nossa cultura de time dentro desse esporte que muitos consideram como individual.